INFORMATIVO  
 
Cadastre-se para receber principais informações e novidades da Angiorad
 
 
::Nome:

::E-mail:

::Médico:
Sim Não



 
Embolização de Aneurisma Cerebral
 
O que é aneurisma cerebral?
 
Dr Carlos ABATH - Neurorradiologista

Aneurisma é uma dilatação anormal de um vaso sanguineo, por enfraquecimento local de sua parede.
Algumas vezes estas dilatações acometem artérias cerebrais, são os chamados aneurismas cerebrais. Caso o aneurisma venha a romper-se, há sangramento para o espaço que está ao redor do vaso (espaço subaracnóideo).
 
Quais os sintomas?
 

Um paciente com hemorragia subaracnóidea geralmente apresenta-se com forte cefaléia, seguida de náusea e vômitos. Podem vir ainda associadas visão dupla (diplopia), fraqueza e perda da consciencia. A hemorragia subaracnóidea é uma emergência médica, onde de 10 a 15% dos pacientes com aneurismas rotos morrem antes de chegarem ao hospital e metade vem a falecer dentro dos primeiros 30 dias após a hemorragia, caso não sejam tratados.

 
Qual o tratamento ?
 

O aneurisma cerebral pode ser tratado através de cirurgia convencional ou através de técnicas endovasculares (embolização)
A abordagem cirúrgica requer uma abertura do crânio em sala de cirurgia e, com instrumentos cirúrgicos, o médico chega até o aneurisma onde coloca um clip em seu colo, excluindo-o da circulação.
O tratamento endovascular do aneurisma cerebral chama-se embolização e é realizado na sala de angiografia, utilizando-se micro-cateteres similares aos utilizados em exames angiográficos. Através do cateter, o aneurisma é preenchido com molas de platina (platinum coils) ou com polímero (ônix), impedindo que o fluxo de sangue entre no aneurisma, evitando assim sua ruptura. A artéria que tinha um aneurisma permanece aberta levando sangue de maneira adequada para o cérebro.

 
Cirurgia ou Embolização ?
 
Cada aneurisma apresenta características próprias, como tamanho, localização, tamanho do colo, forma etc, que vão definir a forma de tratamento. Alguns aneurismas são mais bem tratados cirurgicamente, outros por embolização. Uma discussão franca entre o neurocirurgião e o neuroradiologista intervencionista deverá ser realizada para que uma definição seja tomada. O paciente e sua família são informados sobre a decisão da equipe médica e consultados se estão de acordo.

Alguns pacientes necessitarão de nova angiografia de controle para acompanhamento após três meses, para avaliar o comportamento do aneurisma embolizado,
 
Como devo me preparar ?
 

Alguns dias antes do procedimento, você será atendido por um médico da equipe para uma conversa a respeito do procedimento, solicitação de exames de rotina e revisão de exames que já tenham sido feitos.

Algumas informações são importantes:
- Alergia a iodo?
- Problemas renais ?
- Diabetes / uso de insulina ou hipoglicemiantes orais?
- Antiagregantes como aspirina/persantinou anticoagulantes como warfarin ?
- Suspeita de gravidez?

Não se alimentar 8h antes da embolização
É importante trazer no dia do procedimento todos os exames de imagem como Tomografias, Ressonâncias, Angiografia prévia e exames laboratoriais.

 
Informações:
 
Informações a respeito de hospitais, convênios, taxas etc podem ser obtidas através de um dos telefones abaixo:

- Hospital Santa Joana : 0 xx 81 32 16 66 37
- Hospital Memorial São José: 0 xx 81 32 21 59 76
- Real Hospital Português: 0 xx 81 34 16 11 60
- Hospital Jayme Dafonte: 0 xx 81 34 16 00 00
- Hospital Unimed Recife: 0 xx 81 34 13 9000